Os 3 tipos de certificados SSL

CERTIFICAÇÃO DIGITAL

Devido à amplificação dos negócios por meio da internet, a segurança dos sites se tornou uma preocupação constante. Com o certificado SSL (Secure Socket Layer) o usuário tem a garantia que aquela página é segura. A barra de endereços de sites com essa camada de proteção são exibidos no modo HTTPS, onde o “S” significa “Seguro” e a imagem de um cadeado verde para reafirmar a confiabilidade.

Dentro dessas características existem tipos de certificados SSL direcionados para diversas finalidades. De acordo com a necessidades de negócios eles devem ser escolhidos para melhor atender os padrões de cybersegurança e promover proteção real aos usuários que acessam os serviços via web.

Confira agora os tipos de certificados SSL e suas características para melhor compreender essa tecnologia. Boa leitura!

O que são certificados SSL?

O certificado SSL é um arquivo eletrônico que confirma a existência do operador no site e executa criptografia de dados de comunicação entre o navegador e o servidor da web. Ele contém informações sobre o proprietário do site, a chave necessária para a comunicação criptografada e os dados de assinatura do emissor.

Ele tem duas funções: certificado real e comunicação criptografada SSL. Embora a criptografia possa impedir o vazamento de informações na internet, ela não pode ser evitada se a empresa que opera o site for maliciosa. Por esse motivo, uma autoridade de certificação confiável analisa o operador do site e confirma sua existência antes de emitir um certificado SSL. Veja os dois principais processos logo abaixo.

Criptografia de dados de comunicação

Os dados de comunicação, como informações pessoais e informações de pagamento enviadas e recebidas entre navegadores e servidores, podem ser criptografadas com as duas chaves (método de criptografia de chave privada e de chave pública) incluídas no certificado do servidor SSL.

Os dados criptografados só podem ser descriptografados com a chave privada mantida pelo servidor com o certificado SSL instalado, impedindo a espionagem de terceiros mal-intencionados, proporcionado proteção e a integridade dos dados transmitidos pela rede.

Confirmação da existência do operador

Ao emitir um certificado SSL, uma autoridade certificadora confirma o direito de usar o domínio (nome comum) do site de destino e examina a existência do operador do site (organização). Ela verifica se este é um site real operado por uma organização legítima e, assim, o usuário pode confirmar que o site acessado pode ser usado com tranquilidade.

Os certificados SSL são, portanto, um conjunto de dados digitais que confirma certas características de pessoas ou objetos cuja autenticidade e integridade podem ser testadas por métodos criptográficos. O certificado digital contém todas as informações necessárias para este exame, sendo uma forma precisa de proporcionar aos usuários com clareza se a página de acesso do site corresponde a determinada instituição de negócios.

Quais os tipos de certificado SSL que existem?

1. Validação de domínio

É o certificado mais amplamente utilizado. Apenas o domínio é verificado em um processo de e-mail. Em segundo plano, um e-mail é enviado para um endereço eletrônico administrativo para confirmar o pedido, portanto, ele verifica apenas se o solicitante também é o proprietário do domínio.

O processo do pedido é concluído alguns minutos após a verificação. É possível notar, no entanto, que eles são adequados apenas para sites menores, fóruns, blogs ou servidores de correio, pois a criptografia adotada nesse modelo não é tão forte quanto nos outros tipos de certificados SSL.

2. Validação de organização

Dentre os tipos de certificados SSL, o referente a validação de organização também tem uma verificação de identidade. Na maioria dos casos, são preferidos dados como extrato de registro comercial, detalhes bancários ou contato telefônico, por exemplo. Essa variante é adequada principalmente para lojas da web, sites corporativos e webmails.

No momento da exibição, o nome da organização pode ser visualizado no certificado, os dados do endereço também são ajustados e podem ser verificados pelo expositor. Devido à verificação necessária, esses certificados têm um preço mais alto, mas a proteção também é maior, pois o visitante do site pode verificar a identidade da organização a que se está transmitindo dados.

3. Validação estendida

Finalmente, há a validação estendida. Esse certificado se difere exclusivamente das variantes anteriores, pois a linha de endereço é anotada no navegador com uma cor verde. A verificação ocorre como na validação da organização. No entanto, o organismo de certificação verifica adicionalmente a autorização do requerente.

Além do mais, uma criptografia de 256 bits é usada por padrão. O certificado ainda exibe o proprietário, nome de domínio, nome da empresa e local. Isso requer um teste de propriedade particularmente preciso, o processo de pedido é mais complexo e o produto mais caro. A vantagem é o destaque especial da criptografia no navegador e o maior detalhamento do proprietário do site.

Por que ter um certificado SSL?

Para toda empresa que preze pela qualidade e segurança no processamento de dados online, ter um certificado SSL é indispensável. O avanço da demanda por serviços virtuais exige a adoção de protocolos de conformidade, proporcionando credibilidade e confiança, ainda que seu site não faça transações online com frequência.

Os principais motivos de ter um certificado SSL, estão:

  • garante autenticidade: os visitantes podem se convencer da autenticidade da sua empresa, dando a eles um ambiente online confiável;
  • impede o phishing: o certificado SSL mostra aos visitantes novos ou muito cautelosos que o seu site não é falso;
  • fortalece sua marca: a validação avançada leva sua marca a um alto nível na presença online;
  • eleva classificação nos motores de busca: melhores resultados de pesquisa levam a mais visitantes ao seu site e a mais interações e compras.

Assim, tendo o conhecimento dos tipos de certificados SSL você tem os elementos necessários para fazer a escolha adequada ao seu tipo de página web. O essencial é não esquecer do cuidado com a imagem que se quer passar aos clientes, que buscam ter confiabilidade para assim se tornarem fiéis a sua marca.

Após conferir quais os tipos certificados SSL e suas características, descubra as diferenças entre certificado SSL grátis e certificado SSL pago. Não fique de fora, acesse!

Esse conteúdo foi útil?

Clique em uma estrela para avaliá-lo!

Poxa! Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password