Será que algum documento já foi assinado digitalmente fora do planeta?

Dicas Showcasehome

No dia 20 de julho de 1969, o homem conseguiu uma conquista até então inimaginável: ele realizou a primeira viagem tripulada à lua. A bordo da espaçonave Apollo 11, os astronautas Neil Armstrong (o primeiro a pisar lá), Edwin “Buzz” Aldrin e Michael Collins realizaram o que pode ser resumida a uma frase dita por Armstrong assim que eles pousaram por lá: “É um pequeno passo para o homem, um grande salto para a Humanidade”.

Mas para além da conquista espacial, você sabia que muitas das tecnologias usadas para levar os astronautas até lá são utilizadas por nós, em nosso dia a dia? Confira algumas delas:

Tecnologias usadas para levar astronautas para a lua

  1.  Comida de bebê

    Papinhas de bebê já existiam antes da exploração espacial, mas sofreram uma grande melhoria por conta dela. No início dos anos 1980, a NASA estava pesquisando o uso de microalgas como fonte de comida, oxigênio e catalisador de disposição de lixo em longas missões interplanetárias. Os cientistas que trabalhavam no projeto acabaram descobrindo que essas algas produziam altas doses de DHA e ARA, ambas gorduras essenciais para o desenvolvimento do bebê. Hoje, essas mesmas algas são colocadas em papinhas enriquecidas.

  2. Lentes de óculos (bem) mais resistentes

    No espaço, os astronautas se deparam com milhões de pedrinhas voadoras, que podem atingir os visores dosa trajes espaciais e danificar seus equipamentos. Para protegê-los a NASA criou um plástico que não sofre arranhões com facilidade. A evolução disso? Lentes para óculos.

  3. GPS

    Os milhões de satélites que hoje orbitam a Terra são decorrentes da exploração espacial. E nós os utilizamos em várias formas de comunicação, como TV e internet, além da navegação civil e militar, na forma, por exemplo, do bom e velho Waze.

    O GPS (ou Sistema de Posicionamento Global, em português) foi comissionado em 1973 pelo exército americano a fim de criar uma tecnologia baseada no espaço capaz de mapear com precisão todo o planeta e que pudesse ser utilizada para navegação. Criado para fins militares, o GPS acabou sendo utilizado para todo tipo de tarefa, desde missões de resgate no mar até levar você para aquela festa de aniversário em uma rua da qual você nunca ouviu falar.

    No total, são 24 satélites e mais de 120 mil sistemas de recepção utilizados para guiar usuários no mundo todo. O projeto inteiro é administrado pelo NAVSTAR GPS Joint Program Office, em Los Angeles, Estados Unidos.

  4. Aspirador portátil sem fio

    O aspirador de pó portátil e sem fio foi comissionado pela NASA para que fossem coletados pequenos materiais na superfície lunar. O aparelho foi lançado pela primeira vez pela Black & Decker e se tornou um sucesso comercial. E você, provavelmente tem (ou já pensou em ter) um em casa.

  5. Espuma viscoelástica

    O nome é meio complicado, mas você tem mais contato com esse material do que pensa. A espuma visco elástica é usada em colchões, assentos de aviões, travesseiros, colchões e capacetes esportivos. Isso porque trata-se de um material que, após ser comprimido ou deformado de qualquer forma, volta ao seu estado original. Além disso, ela é sensível à temperatura, se tornando mais mole no calor e mais dura no frio.

  6. O Certificado Digital Certisign

    Respondendo à pergunta que forma o título desta matéria: ainda não sabemos se algum documento já foi assinado digitalmente fora do planeta. Mas, se os astronautas tiverem internet e um Certificado Digital da Certisign, eles poderiam tranquilamente assinar qualquer contrato com seu notebook ou smartphone a bordo da sua espaçonave ou na Estação Espacial Internacional, bastava ter acesso à internet.  E, ainda por cima, esse “contrato espacial” teria validade jurídica!

 

E você não precisa sair da Terra para assinar ou administrar seus contratos sem burocracia. Acesse aqui e veja como adquirir o seu Certificado Digital

Você também pode gostar: 6 Pequenas dicas de como economizar no dia a dia

Fontes: Canal Tech / G1 com informações Certisign

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password