O que é Open Banking e quais certificados usar?

CERTIFICAÇÃO DIGITAL

O Open Banking está redefinindo as fronteiras do setor financeiro. Este conceito inovador promete transformar a forma de interagir com os serviços bancários, criando assim um ambiente mais competitivo.

Com isso, as instituições financeiras podem compartilhar informações de clientes com empresas terceirizadas, permitindo a criação de serviços mais personalizados. No entanto, esse compartilhamento requer medidas de proteção para garantir a privacidade e a segurança dos dados.

Neste ponto, os certificados digitais são essenciais para estabelecer confiança no sistema open banking, garantindo que todas as transações sejam seguras. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

O que é Open Banking?

O que é open banking? | Foto de uma mulher branca com blazer azul claro e mexendo no smartphone | Certificação Digital | Blog da Certisign

O Open Banking, também conhecido como sistema bancário aberto, é um modelo de negócio que permite que instituições financeiras compartilhem dados de clientes de forma segura e padronizada com outras instituições financeiras que também sejam aderentes ao sistema Open Banking.

Ele representa uma revolução no setor financeiro, possibilitando que os(as) clientes decidam sobre suas informações financeiras e possam acessar serviços bancários de diferentes instituições de forma personalizada.

O objetivo do open banking é promover a concorrência no setor financeiro, estimular a inovação e oferecer mais opções e benefícios aos consumidores e consumidoras. Ao contrário do modelo bancário tradicional, no qual cada instituição mantém seus dados e serviços fechados, o Open Banking permite a partilha segura de dados entre instituições financeiras autorizadas.

Vantagens do Open Banking

O Open Banking é uma mudança positiva tanto para clientes quanto para instituições financeiras. Ele promete transformar a maneira como gerenciamos nosso dinheiro, tornando o setor bancário mais transparente, inovador e conveniente.

A principal vantagem do Open Banking é a transparência. Como cliente, você pode escolher com quem quer compartilhar seus dados financeiros. Isso significa que você pode comparar diferentes produtos e serviços financeiros e escolher o que melhor atende às suas necessidades.

Além disso, ele estimula a inovação, uma vez que com acesso a um conjunto mais amplo de dados, as instituições financeiras podem desenvolver novos produtos e serviços personalizados para atender às necessidades específicas dos clientes.

Quais elementos garantem a segurança no Open Banking?

Como vimos, o Open Banking é uma revolução na maneira como as instituições financeiras operam. No entanto, essa inovação também desperta algumas preocupações sobre segurança e privacidade dos dados. Para assegurar a proteção dos dados das pessoas usuárias, é possível contar com alguns elementos, que você confere a seguir.

Certificados digitais

Os certificados digitais desempenham um papel fundamental na segurança de dados em ambientes de open banking. Eles garantem a autenticidade das transações e a integridade das informações trocadas, assegurando que os dados não sejam alterados durante o trânsito.

Criptografia

A criptografia é outro elemento importante para garantir a segurança no open banking. De maneira bastante simplificada, ela é um dos mecanismos de segurança proveniente do certificado digital. Com ela, as informações são codificadas em um formato que só pode ser lido com a chave de descriptografia correta. Isso protege os dados contra possíveis ataques cibernéticos e garante a privacidade.

Quais certificados digitais usar no Open Banking?

Os certificados digitais necessários no Open Banking são os SSL/TLS, que garantem a segurança da comunicação entre os sistemas e servidores. Além disso, também devem ser utilizados certificados digitais ICP-Brasil para gerar a assinatura eletrônica, garantindo assim a autenticidade e integridade das transações realizadas no ambiente do Open Banking.

A importância do certificado SSL/TLS no Open Banking

Como funciona o open bankung? | Foto de um homem branco trabalhando no escritório com notebook | Certificação Digital | Blog da Certisign

O certificado SSL/TLS desempenha um papel importante para garantir a segurança das transações online, garantindo que a transmissão de dados no sistema Open Banking ocorra de maneira segura.

Ele é responsável por proteger dados. Sem ele, não há como verificar a identidade de uma instituição financeira e criptografar as informações transitadas, colocando em risco a segurança dos dados.

O certificado SSL/TLS funciona assim: ele assegura que a comunicação entre a pessoa e a instituição seja criptografada, protegendo informações de possíveis interceptações. 

Desafios e soluções de segurança no Open Banking

Embora a transição para o Open Banking ofereça uma infinidade de oportunidades, como vimos, ela também apresenta alguns desafios quanto à segurança. Proteger os dados das pessoas é uma prioridade máxima, e as instituições financeiras devem estar preparadas para enfrentar algumas ameaças.

Um dos maiores desafios é garantir que as políticas de segurança sejam robustas e à prova de falhas. Isso pode ser alcançado por meio da implementação de protocolos de segurança rigorosos, como a criptografia avançada e a autenticação de dois fatores.

A escolha adequada de certificados digitais também é fundamental para evitar brechas na segurança. Além disso, também é importante realizar treinamentos com a equipe, para orientá-la a respeito dos riscos associados ao open banking e saber como minimizá-los. Isso inclui compreender as técnicas de phishing e saber como responder em caso de uma violação de dados.

A evolução do Open Banking no Brasil

Compreender a trajetória do open banking no Brasil é importante para entender seu impacto atual. Como vimos, o Open Banking exige a atualização de sistemas tecnológicos para garantir a segurança dos dados. No entanto, essas medidas são compensadas pelas oportunidades geradas, como a possibilidade de oferecer serviços mais personalizados e eficientes.

As regulamentações locais têm um papel fundamental na adoção do Open Banking. O Banco Central tem estabelecido regras claras para garantir a segurança e a transparência nas operações, influenciando diretamente em como as instituições se adaptam a esta mudança. As certificações digitais garantem que as instituições estejam em conformidade com as regulamentações e possam operar no novo ambiente do Open Banking.

Impactos da integração do Open Banking com a transformação digital

Com a integração do Open Banking, muitos bancos e fintechs estão aproveitando os dados obtidos para oferecer serviços personalizados, melhorando assim a experiência do (a) cliente e gerando novas oportunidades de negócio.

Com o Open Banking, a competição no setor bancário se intensifica. Porque, uma vez que o compartilhamento de dados permite que empresas inovem, criem serviços mais convenientes e rentáveis, conquistando mais clientes. Isso eleva as expectativas dos consumidores e consumidoras, que passam a buscar instituições financeiras que ofereçam soluções rápidas, seguras e personalizadas.

Além disso, essa integração tem o potencial de democratizar o acesso a serviços financeiros. Com maior concorrência, os preços/juros tendem a cair, beneficiando as pessoas que tinham menos acesso ao sistema bancário tradicional.

Quais certificados digitais são necessários no Open Banking?

Como usar o open banking? | Foto de uma mulher branca, loira trabalhando no escritório no notebook | Certificação Digital | Blog da Certisign

Se você faz parte do time de uma instituição financeira e está procurando por certificados digitais para Open Banking, a Certisign oferece todos os modelos necessários, e o time de especialistas pode auxiliar da compra à instalação.

  • Certificado Servidor: este certificado serve para proteger e autenticar o canal TLS/SSL utilizado pelas APIs que serão consumidas pelas aplicações de entidades participantes. Aqui na Certisign o chamamos de Certificado SSL – A1 ICP-Brasil.
  • Certificado cliente: os certificados de aplicação cliente (Transporte) são utilizados para autenticar o canal mTLS e para realizar a autenticação da aplicação cliente por meio do Auth2.0 mTLS ou private_key_jwt. Aqui na Certisign o chamamos de Certificado Cliente / Transporte – A1 ICP-Brasil Open Banking.
  • Certificado de assinatura: os certificados de assinatura são utilizados para realizar a assinatura do payload por meio do uso de JWS (JSON Web Signature). Aqui na Certisign o chamamos de Certificado de Assinatura – e-CNPJ A1 Open Banking.
  • Certificado para Front-End: são utilizados para disponibilizar serviços, em geral, páginas web com TLS/SSL que são acessadas pelo usuário final. Ele deve ser do tipo EV (Extended Validation). Aqui na Certisign o chamamos de Certificado SSL/TLS EV Internacional – Digicert.

Para solicitar certificados digitais Open Banking, por favor, escreva para: corporativo@certisign.com.br.

Leia também: Como comprar um certificado digital

Esse conteúdo foi útil?

Clique em uma estrela para avaliá-lo!

Poxa! Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos como podemos melhorar esta postagem?

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password