Nove lugares turísticos que os fanáticos por cultura pop devem visitar

Curiosidades do Mundo Digital

Dia 25 de maio, é comemorado mundo afora o Dia do Orgulho Geek (ou Dia do Orgulho Nerd, se preferir), quando fanáticos pela cultura pop em geral celebram seus objetos de adoração, como as séries Star Wars, Star Trek, os quadrinho da Marvel e da DC, séries de TV como Game of Thrones e por aí vai. E se você se considera um geek (ou nerd) e tem uma grana guardada, que tal se programar para tirar umas férias em locais onde a “nerdice” corre solta (no bom sentido) e que são bem divertidos. Confira alguns lugares para viajar!

9 lugares turísticos para fanáticos por cultura pop

Akihabara – Tóquio (Japão)

 

Reprodução internet

Reprodução internet

Para quem gosta de todo tipo de “brinquedos eletrônicos”, então precisa se preparar para conhecer a Akihabara Denki Gai, ou, simplesmente, Akihabara, um distrito que pode ser considerado como o “Paraíso dos Gadgets”. O distrito traz milhares de lojas com uma infinidade de eletrônicos: PCs, notebooks, tablets, smartphones, câmeras, acessórios, caixas de som, eletrodomésticos, videogames, jogos e muito, muito mais. Além de, claro, gadgets que você só encontrará no Japão, como jurássicos videocassetes e videogames como o Master System e o Nintendo de 8 bits. E tudo em ruas absurdamente iluminadas, com fachadas estilosas e preços para todos os bolsos.

Planetário de São Petersburgo – São Petersburgo (Rússia)

Reprodução internet

Reprodução internet

Além do Dia do Orgulho Nerd, todo mundo que se acha um geek de verdade também comemora no dia 25 de maio o Dia da Toalha. Trata-se de uma homenagem dos fãs da série de livros “O Guia dos Mochileiros das Galáxias” ao seu criador, Douglas Adams.E para celebrar essa data, nada melhor que dar uma passadinha na Rússia. Isso porque lá foi inaugurado em novembro do ano passado, o planetário de São Petersburgo, considerado o maior do mundo no gênero, batendo o Museu de Ciências de Nagoya, no Japão, que detinha esse honroso título. O local conta com uma cúpula com diâmetro de 37 metros para a observação das estrelas. Além disso, ele traz um laboratório onde o público pode realizar experiências científicas, passear por um salão interativo dotado de tecnologia de realidade virtual, visitar um museu de exposições espaciais e até manusear tablets onde é possível fazer a cúpula do planetário girar.

Kennedy Space Center – Orlando, Flórida (EUA)

Kennedy-Space-Center

Esta espécie de “parque” é administrada pela NASA e é o lugar ideal para quem fã de ciências espaciais. Parte do espaço é reservado à visitação pública e lá há muitas coisas para se fazer. Entre as principais atrações do Kennedy Space Center, há a possibilidade de conhecer foguetes que estiveram em diversas missões espaciais, visitar algumas das dependências da NASA, fazer um tour de ônibus em áreas restritas da agência espacial norte-americana. Além disso, você pode conhecer o museu local, com relíquias da corrida espacial americana, a história dos principais astronautas, entre outras curiosidades. E se você puder pagar alguns dólares a mais, escolha o KSC Up-Close Tours, onde você terá acesso a áreas exclusivas do centro e ainda vai conhecer o Launch Pad 39A, que é um centro de lançamento de foguetes, o Vehicle Assembly Building – um local de finalização da montagem das espaçonaves – e a sala de controles das naves que vão ou estão no espaço. AH sim, não se esqueça de conferir os filmes na sala iMax do local.

Dubrovnik – Croácia

Dubrovnik

Reprodução internet

 

A cidade de Dubrovnik já valeria a visita apenas por suas praias. Considerada um dos pontos mais badalados da Europa no verão, ela traz uma água de azul cristalino, sem ondas e com baladas imperdíveis para quem gosta da noite. No entanto, esta cidade croata também ficou famosa por suas paisagens medievais, com torres e castelos muito bem conservados desde a Idade Média e que foram usadas como locações para a série Game of Thrones, que dispensa maiores apresentações.

Entre os cenários da cidade usados na série, está a escadaria da “caminhada da vergonha”, onde personagem Cersei Lenister é humilhada pelo povo; outro cenário bastante usado de Dubrovnik é a muralha medieval da cidade de King´s Landing, onde Tyrion e Lord Varys discutem estratégias para derrotar o exército de Stannis Baratheon. Já o mosteiro dominicano, localizado também na chamada “cidade velha” de Dubrovnik, traz a escadaria onde aconteceu a cena do discurso de protesto contra os Lannisters, onde Tyron e Bronn passam pela rua e ouvem o protesto contra o rei Joffrey, acusado de ter nascido de um incesto. Entre outros cenários da cidade usados na série, estão o Forte Lovrijenac, o Forte Bokar e também a Torre Minceta. Ótimo passeio!

bannerCopadomundo

Hobbiton Movie Set – Matamata (Nova Zelândia)

Reprodução internet

Reprodução internet

Geeks que se prezem têm como obrigação apreciar a série Senhor dos Anéis, que pode ser considerada uma espécie de Marco Zero do mundo nerd. Isso porque foi o universo criado por J.R.R. Tolkien que serviu de referência para uma infinidade de outras séries que fizeram sucesso mundo afora, como Star Wars, Harry Potter, Caverna do Dragão e muito mais.

Dito isso, você precisa conhecer o Hobbiton Movie Set. Localizada na pequena cidade de Matamata (a duas horas de Auckland), na distante Nova Zelândia, o local serviu como centro das filmagens da primeira trilogia de Senhor dos Anéis, mostrando, mais precisamente o condado dos hobbits (ou The Shire, se preferir). Lá, você pode visitar as diversas casas dos personagens, como as de Bilbo Bolseiro e do Frodo, além do espaço onde os hobbits faziam seus festejos. Tudo cercado por paisagens belíssimas.

Comic Con – San Diego, Califórnia (EUA)

Reprodução internet

Reprodução internet

Considerado o maior evento de cultura pop do mundo, a Comic Con reúne uma concentração absurda de geeks por metro quadrado, que vão sedentos por consumir quadrinhos, filmes, games, séries, filmes, entre outros produtos. E muitos ainda vão fantasiados de seus personagens favoritos, os chamados cosplays.

E percebendo o potencial de consumo da Comic Con, estúdios de cinema, canais de TV, produtos de games e quadrinhos – e tudo o mais que forma a cultura pop – aproveitam o evento para divulgar seus próximos lançamentos, levando atores, diretores, desenhistas, entre outras dezenas de artistas, que falam das suas obras, exibindo trailers e interagindo com o público em sessões de perguntas e respostas, por exemplo.

Logo, mesmo que o Dia do Orgulho Geek (ou Dia do Orgulho Nerd) aconteça em maio, é bom você se apressar caso esteja interessado em conhecer a Comic Com original. A edição deste ano acontece de 19 a 22 de julho e os ingressos costumam acabar em questão de horas, assim que começam as vendas.

A nova sede da Apple – Cupertino, Califórnia (EUA)

Reprodução internet

Reprodução internet

Antes de morrer, Steve Jobs conseguiu tirar do papel seu último grande projeto: uma nova sede da Apple – também localizada em Cupertino, na Califórnia – que leva o nome de Apple Park.
Ao custo de US$5 bilhões, o local tem o formato de uma nave espacial, traz uma paisagem com nove mil árvores, duas pistas de corrida, campo de golfe, uma lagoa e até mesmo terras férteis, que trarão um pomar. Além disso, ele terá um espaço que contará a história da Apple até aqui. E tudo isso estará aberto aos visitantes e fará a alegria dos apaixonados pela marca. Ah sim, não menos importante: o local abrigará quase 13 mil funcionários da companhia.

Sede do Google – Mountan View, Califórnia (EUA)

Reprodução internet

Reprodução internet

Também localizada no Vale do Silício – mais precisamente na cidade Mountain View, Califórnia – a sede do Google também tem muita coisa legal para se conhecer. Com o nome do Googleplex, o local traz uma série de “atrações geeks”. Bons exemplos são o jardim com os bonecos do Android (o sistema operacional do Google para smartphones), o uso das “Google Bikes” para sair pedalando pela sede, além de todas as instalações divertidas de uso comum entre funcionários e visitantes. E, claro, na saída, não esqueça de passar na lojinha para comprar uma camiseta, caneca ou outro souvenir divertido.

Sede da Microsoft – Redmond (Seattle), Washington (EUA)

Reprodução internet

Reprodução internet

Ao contrário de outras gigantes da Tecnologia, a sede da Microsoft não está no Vale do Silício, mas, sim, na cidade de Redmond, nos arredores de Seattle (também conhecida como o berço do grunge e bandas como Nirvana, Pearl Jam e Foo Fighters), no estado de Washington.

Assim como Google e Apple, a visita por lá também é gratuita e o campus da criadora do Windows é gigantesco, quase uma minicidade. São mais de 10 pequenos prédios que abrigam dezenas de milhares de funcionários e, no meio disso, você pode passear por um bosque permeia a sede.

Agora, o mais legal dali é o Microsoft Visitor Center, um espaço que conta a história da empresa, seus fundadores, seus produtos e traz demonstrações de novas tecnologias da companhia que podem chegar ao mercado. Além disso, é possível jogar algumas boas partidas de Xbox One por lá, incluindo aí mexer o corpo com o Kinect. E, assim como suas rivais, há também uma ótima loja de souvenirs, para comprar aquela camiseta, caneca, mascote, entre outros cacarecos que nenhum nerd se preze vive sem.

O Clube de Vantagens Certisign te ajuda a economizar na hora de conhecer todos esses lugares!

É isso mesmo! Afinal, quem tem um Certificado Digital da Certisign pode se tornar membro do nosso Clube de Vantagens, que oferece descontos exclusivos nos maiores lojas virtuais do Brasil.
Com isso, você pode, por exemplo, comprar passagens no site da Max Milhas, com R$ 50 de desconto, fazer um seguro-viagem na Porto Seguro com 15% de desconto e reservar quartos de hotéis no Hotel Urbano, com 10% off e muito mais! Acesse o site do Clube de Vantagens Certisign e saiba como se tornar membro. E boa viagem!

Você também pode gostar: Você é um Geek ou Nerd?


Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password