Contador faça parte dessa empresa chamada “Equipe”

CONTADOR

Dirfson foi chamado para uma entrevista de emprego em um escritório contábil. Ao entrar na sala, já estava preparadíssimo para dar descrições de seus cargos e atribuições anteriores, mas ficou perplexo quando o recrutador pediu para que ele fornecesse detalhes concretos do seu comportamento no trabalho.

– O caráter comportamental faz toda a diferença por aqui, meu caro – explicou Paulo, o entrevistador.

Dirfson falou a respeito de suas qualidades, incluindo o seu comprometimento com o trabalho, as habilidades para trabalhar em equipe, o desejo de aprender continuamente… E foi embora desejando muito ocupar aquela vaga, mas era necessário aguardar. E esperou. Após uma semana, seu celular tocou, era Norma, do Departamento De Pessoal da empresa, que disse as três palavras mágicas: “Você está contratado!”. Era para começar na segunda-feira.

E lá foi Dirfson, feliz da vida para o novo emprego. Ao chegar lá, Paulo explicou a ele que considera uma das falhas mais graves no processo de contratação só levar em conta o conhecimento técnico, dando pouca importância aos aspectos comportamentais.

– Aqui é diferente – garantiu Paulo, sorrindo e apresentando os demais funcionários que agregam a equipe – Esse aqui é o Arnaldo Feliz, o bem-humorado. Ele faz amizades com facilidade e sempre se comunica com todos, clientes, fornecedores e demais colaboradores de modo persuasivo. É flexivo e constrói relacionamentos afetuosos.

– Prazer, Arnaldo – disse Dirfson.

– Já esse colega aqui é o Thiago Positivo. Ele entrou aqui por causa de seu otimismo. Para ele, expectativas boas geram resultados e as perspectivas negativas contribuem para resultados desfavoráveis.

– E essa aqui, quem é? – perguntou o novato Dirfson.

– Ela é a Diana Segura, está sempre transmitindo segurança para toda a equipe. Ela se impõe muito bem perante as demandas que surgem e nunca promete entregar tudo para todos. Assim, sempre cumpre os prazos prometidos, não sobrecarrega seus colegas e, portanto, não prejudica ninguém!

– Muito prazer, Diana!

– Prazer é todo meu, Dirfson.

– Continuando, temos aqui também o Douglas Organizado. Basta você ver a mesa dele. Nunca perde compromissos, não chega atrasado a reuniões importantes e está sempre lá, firme e forte, no que diz respeito a prazo. Já esta aqui é a Bete Calma, que está bem longe de ser submissa, mas expressa suas opiniões e sentimentos a respeito dos fatos de forma cordial e tranquila.

– E eu, Paulo, por curiosidade, fui contratado por quê?

– Você é o Dirfson Preparado. Na entrevista, pude ver que você está sempre se atualizando profissionalmente, absorve as novas tecnologias e adora os sistemas modernos. Não gosta de fazer nada à moda antiga. Além disso, mesmo com todo conhecimento que tem não é orgulhoso. Muito pelo contrário: percebo que está sempre apto a aprender e admitir os próprios erros, contribuindo sobremaneira para o crescimento de todos.

E assim os dias passaram, e a empresa do Paulo, a “Equipe Contabilidade”, foi de vento em popa, e como ele mesmo gosta de parafrasear um dos astros do basquete americano, Michael Jordan, “o talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos”. Também, com essa equipe de Contadores não há Contabilidade que não dê certo, né?

Contador, a Certisign te ouviu e acaba de lançar um programa com novas vantagens financeiras para você. Venha para o Clube do Contador Certisign ou ligue para (11) 3546 3800.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password