Cinquenta tons de Contabilidade

CONTADOR

Recém-formada em Ciências Contábeis e ainda sem muita experiência, Anastácia Ferro, mais conhecida como Ana, não esperava conhecer alguém como Cristiano Cinza quando concordou em ajudar uma amiga que ficou doente e não poderia atender um cliente que precisava fazer o seu Imposto de Renda.

Ao aceitar o job, Ana imaginava encontrar alguém mais velho, uma vez que sabia que seu cliente era CEO de um grande grupo empresarial, que atua em várias frentes comerciais. Mas, ao entrar no escritório, a jovem se deparou com alguém jovem e cheio de ideias, além, claro, de ter um ar misterioso. Entretanto, o que Ana não sabia era que seu novo cliente guardava também um grande segredo…

A essa altura você provavelmente já pegou a referência, não é? Mês passado foi lançado o último filme da trilogia Cinquenta Tons de Cinza, o “Cinquenta Tons de Liberdade”. Com o encerramento da história batendo à porta, o Clube do Contador te pergunta:

Quem seria você se a história fosse sobre contadores?

Anastásia: a trainee talentosa

Recém-formada e sem grandes experiências, a protagonista acabou de entrar no mercado de trabalho e logo se encanta pelo seu primeiro cliente, que tenta de todo modo moldá-la ao seu padrão de perfeição. Mesmo relutando no inicio, a profissional acaba cedendo a alguns caprichos deste cliente, mas sem abrir mão da sua personalidade. Assim, ambos conseguem construir uma boa relação ao longo do tempo.

Christian Grey: o dinâmico

Mesmo jovem, o protagonista já é o CEO de várias startups e, portanto, sabe fazer o seu dinheiro render. Gosta de colocar a mão na massa e lidar diretamente com os seus negócios, já que “o olho do dono engorda o boi”. Mas o jovem empresário esconde alguns traumas causados por um fiscal desatualizado e usa métodos inusitados para lidar com eles.

O quarto vermelho

Apesar de ser apenas um cômodo, esse quarto merece entrar como personagem dessa história. Por causa das marcas deixadas por problemas anteriores, Gray mantém em sua casa um quarto secreto, onde guarda absolutamente todos os documentos que já foram emitidos para as suas empresas. No ambiente estão vários armários contendo arquivos em papel, além de prateleiras com disquetes e até mesmo uma máquina de escrever.

Elena: a contadora experiente

Quando Christian ainda era jovem conheceu Elena, uma contadora experiente, que disse que ajudaria o então adolescente a lidar com os seus traumas e incentivou Gray a guardar todos os papéis possíveis, em segredo. Assim ele se sentiria no controle da situação caso houvesse uma nova fiscalização na qual o fiscal exigisse papéis, em vez de arquivos XML.

Kate: A honesta

Sem medo de falar a verdade, Kate, melhor amiga de Ana, desconfia dos segredos de Gray e não descansa até descobrir a verdade. Apesar de acreditar no potencial de Anastásia, chega a duvidar se a amiga conseguirá de fato mudar os hábitos estranhos de seu cliente, mas oferece suporte em todos os momentos.

E então, com qual personagem você se identifica? Leu os livros e viu os filmes? Deixe nos comentários o que você achou da franquia e se seria legal ter uma voltada a contadores também.

Você também pode gostar: Toda contadora gostaria que…


Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password