6 coisas indispensáveis para levar à Rússia

Dicas

Um smartphone com os aplicativos básicos

Seu celular em terras russas deve ter alguns bons aplicativos básicos instalados para que você não passe sufoco. O TripAdvisor, por exemplo, pode te livrar de passeios micados ou restaurantes com comida ruim e cara; já o Google Maps e o Here Maps são garantia de que você não vai se perder por Moscou, São Petersburgo ou outras cidades do país – com o agravante de que você não entende patavinas de Cirílico, o alfabeto local.

Não esqueça também de ter no seu telefone o app do Decolar.com e do Airbnb, caso aconteça algum problema de última hora. E também tenha à mão outros aplicativos igualmente úteis como o Momondo, caso precise comprar passagens, o app com o mapa do metrô de Moscou, o do Uber caso queira se movimentar com mais conforto e os endereços da embaixada e dos consulados brasileiros na Rússia.

Bateria extra

Já o seu celular será o seu principal aliado na Rússia, não esqueça de levar uma boa bateria extra para ele, caso não haja tomadas por perto. Opte por modelos de bateria mais parrudos – com capacidades acima de mais de 10.000mAh – que permitem diversos carregamentos durante o dia. O power bank também não seria uma má ideia.

Um carregador universal

Um carregador que traga diversos tipos de adaptadores de tomada será essencial para que você não fique na mão na hora de recarregar seu celular (e sua bateria extra)  em hotéis e outros estabelecimentos, que podem trazer padrões de tomadas diferentes. O ideal é que você um compre um kit de adaptadores universais no aeroporto ou em lojas especializadas por aqui. E, claro, cheque qual é o padrão de tomada na Rússia.

Um casaco e capa de chuva

Ainda que a Copa do Mundo aconteça durante o verão russo, lembre-se que você está em um dos países mais frios do mundo (talvez o mais frio). Logo, é recomendável que você leve, ao menos, um casaco, já que mesmo durante a estação mais quente do ano, por lá as noites costumam esfriar, com temperaturas que podem chegar a 15°C. Além disso, é comum chover no verão russo, então uma capa também pode ser bem-vinda.

Seguro saúde e Remedinhos básicos

Ainda que o seguro saúde não seja obrigatório para brasileiros, é altamente recomendável que você tenha um ao embarcar para a Rússia. Até porque, já que você não é um cidadão de lá, dificilmente o sistema de saúde local vai lhe atender de forma gratuita. E, como em todo lugar do mundo, uma emergência médica costuma ser bem cara por lá.

No caso dos remédios básicos,  não estamos falando de tarjas pretas, vermelhas ou qualquer outra medicação que exija prescrições e que você pode viver sem por um tempo. Mas, sim, daqueles remédios mais básicos e que são quase impossíveis de achar por lá, como um anti-inflamatório, aspirina, algo contra ressaca ou que te proteja contra indisposições estomacais causados pela comida local. Coisas simples, ok?

O seu Certificado Digital Certisign

Já pensou, você, lá no meio do jogo e, de repente, acontece aquele imprevisto que o Certificado Digital da Certisign poderia resolver facilmente? Pois é, com ele em mãos, basta acessar seu notebook ou smartphone para acessar e assinar documentos de forma remota, com validade jurídica e de qualquer lugar do mundo.

Conheça os ganhadores do primeiro sorteio da Promoção Certisign na Rússia

Você também pode gostar: As oito maiores emoções de acompanhar uma Copa do Mundo ao vivo

Gostou desse post?

Clique em uma estrela para avaliá-lo!

Poxa! Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password